Patrocínio
O volante Mineiro treinou entre os titulares no coletivo realizado na tarde desta quinta (Foto: Rafael Santos)

A estreia na Série D não foi a esperada, com uma derrota em casa para o Boa Vista/RJ. A Caldense apresentou um futebol bem aquém daquele que começava a aparecer no final do Campeonato Mineiro. Agora, o time tem que deixar tudo para trás, problemas políticos, mau futebol, e se unir para dar a volta por cima neste Brasileiro. O problema é que a Veterana tem um jogo muito duro pela frente, o Red Bull Brasil, um dos maiores orçamentos dessa Série D, neste sábado (27), às 17h, no Estádio Moisés Lucarelli,  em Campinas (SP).

Como a reação vem só com muito trabalho, a Caldense treinou forte na tarde desta quinta (25). Foi o último treino do time no Ninho dos Periquitos antes da equipe embarcar, no início da noite, para Campinas, onde, nesta sexta (26), o grupo de jogadores realiza o último treinamento visando o confronto contra o Red Bull.

Patrocínio

Na movimentação desta tarde, o técnico Thiago Oliveira comandou um coletivo. A equipe titular contou com Cesinha na lateral esquerda, no lugar de Vandinho, que bateu a cabeça na estreia, foi parar no hospital, e só está apto a voltar as atividades na próxima segunda-feira. Outra modificação em relação à estreia do último domingo foi a presença de Mineiro no meio de campo no lugar de Serginho, que foi poupado do treinamento, mas não preocupa para o jogo deste sábado. Dor de cabeça para Thiago Oliveira, já que Mineiro treinou muito bem, errou poucos passes e é uma boa opção para começar jogando. O resto do time foi o mesmo da derrota para o Boa Vista no Ronaldão, com: Neguete, Feijão, Marcelinho, Thiago Carpini e Cesinha; Serginho (Mineiro), Rodney e Alê; Uálisson Pikachu; Wellington Rato e Luiz Eduardo.

Após o coletivo, Thiago Oliveira treinou incessantemente a bola alçada na área, grande problema da Caldense no Campeonato Mineiro, que voltou a se repetir na estréia da Série D, quando dois dos três gols  que a Veterana tomou na derrota por 3 a 1 foram marcados de cabeça.

Thiago Oliveira pensa como resolver problema na bola aérea da Caldense (foto: Rafael Santos/Poços Já).

O zagueiro Marcelinho acha que o time tem que ter mais atenção nesse tipo de bola para não ser surpreendido. “Treinamento a gente vem fazendo, tem é que ter um pouco mais de atenção, mais concentração, para evitarmos esses gols”, disse Marcelinho, que sabe que a equipe vai ter um confronto muito difícil contra o Red Bull, ainda mais se tratando de um time de grande orçamento, com um treinador renomado como o Silas, que tem passagens por times como Grêmio, Flamengo e Avaí, entre outros. “A equipe deles tem muita qualidade, a maioria dos atletas que estava no Campeonato Paulista permaneceu, então, eles já têm um conjunto e nós vamos enfrentar muitas dificuldades.  Mas, vamos para lá com bastante pensamentos positivos para fazermos um grande jogo”, completa o zagueiro da Veterana.

Com a derrota em casa, por 3 a 1, na estreia, para o Boa Vista, a Caldense ocupa a lanterna do Grupo A14 da Série D do Brasileiro. Já o adversário desse final de semana, o Red Bull Brasil que, fora de casa, empatou na estreia com o Espírito Santo por 0 a 0, está na terceira colocação do grupo.  

 

Neguete faz grande defesa durante o treino desta quinta no C.T. Ninho dos Periquitos (foto: Rafael Santos/Poços Já).
Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA