Patrocínio

 

A tarde desse domingo (9)só não foi melhor para o torcedor da Veterana porque, mesmo com a vitória sobre o Galo, de virada, por 2 a 1, o time de Poços ficou fora da semifinal do Campeonato Mineiro. A Caldense terminou na quinta colocação, com 17 pontos, dois atrás da URT, que venceu o Tombense por 2 a 1, fora de casa, e completou o grupo de quatro times que se classificaram para a próxima fase.  

Patrocínio

Mesmo assim, a Veterana tem muito que comemorar. A vitória sobre o Atlético/MG no Ronaldão, com gols de Luiz Eduardo e Cristiano no segundo tempo (Marlone marcou de falta para o Atlético na primeira etapa), garantiu o time de Poços na Copa do Brasil do ano que vem. Isso, aliado ao fato que o clube já tinha garantido a vaga para a Série D 2018 ao derrotar o Tricordiano na última rodada, faz com que o balanço do primeiro semestre seja muito positivo, ainda mais considerando que o Estadual não leva a lugar nenhum.

A grande questão agora é saber qual é o futuro do clube na Série D desse ano. Em conversa com o Poços Já há algumas semanas, o presidente da Caldense, Antônio Bento Gonçalves, deixou claro que não tem como manter essa equipe que disputou o Campeonato Mineiro por causa dos altos custos. Mesmo assim, a esperança é que a base do time fique, principalmente, com atletas como Luiz Eduardo, autor de um dos gols contra o Atlético e vice-artilheiro do Campeonato Mineiro  com 6 gols; o lateral esquerdo Rafael Stevam, um dos jogadores do interior com mais qualidade na posição; além de Jefferson Feijão, Mineiro, Marcelinho e, claro, o atacante Cristiano, que fez o golaço de fora da área que deu a vitória para a Caldense nesta tarde de domingo.

Muito importante também será manter a comissão técnica. O treinador Thiago Oliveira, muitas vezes criticado durante o campeonato, mostrou toda sua competência e merece ficar na Caldense para a Série D. Thiago pegou uma tabela difícil, sofreu com a lesão de seus jogadores e, mesmo assim, conseguiu uma honrosa quinta colocação, que só não foi melhor pela derrota para o Democrata em casa, jogo que tirou a Caldense da semifinal.

Em entrevista coletiva no final do jogo, Thiago, que em certo momento da partida deixou o time jogando com cinco atacantes, revelou já ter conversado com a diretoria durante a última semana, mas que apenas nesta segunda-feira (10), o futuro dele e do restante do time será decidido. Mas uma mensagem postada em sua página do Facebook, logo depois, dá esperança à torcida que ele fique.

“Vencemos o poderoso Clube Atlético Mineiro na rodada final do campeonato Mineiro, porém não conseguimos a tão sonhada classificação para a próxima fase. Ficamos em quinto lugar, apenas uma colocação atrás do necessário para se classificar, no entanto conseguimos a classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro. Agradeço todos os envolvidos que de alguma forma influenciaram e ajudaram na campanha da Veterana. Começando pela torcida, nosso presidente, diretoria, minha família, minha comissão técnica e todos os jogadores que se dedicaram e lutaram por essa classificação.Vamos continuar o trabalho e traçar novos desafios.”, disse Thiago Oliveira nas redes sociais.

A reportagem do Poços Já conversou com o presidente da Caldense, Antônio Bento Gonçalves, durante a partida, e ele garantiu que nesta terça-feira (11), ele dará entrevista revelando o futuro do clube neste ano. Até lá, resta ao torcedor da Caldense comemorar mais uma vitória sobre o todo poderoso Galo, que já se tornou um grande freguês da Veterana jogando no Ronaldão.   

Patrocínio

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA