Publicidade

Inaugurada há pouco mais de um ano, a Bones Cervejaria (avenida Monsenhor Alderige, 14, Jardim Country Club) já é considerada uma das melhores produtoras de cerveja artesanal de Poços de Caldas e região. O espaço ainda tem apresentações de grandes músicos locais e um cardápio com opções à altura da gastronomia regional. Por isso, o Divirta-se em Poços foi até a Bones para saber quais as melhores combinações entre a cerveja artesanal e a comida mineira.

A leveza da lager

Dadinhos de tapioca da Bones (fotos: divulgação)

A Lager Premium é leve e refrescante, com sabor que alterna entre a doçura do malte e o aroma do lúpulo. Para combinar estas sensações, o cardápio da cervejaria oferece vários pratos. Segundo os cervejeiros e sócios da Bones, a lager harmoniza perfeitamente com petiscos em geral, como as cebolas empanadas (onion rings), batata rústica, bolinhas de queijo e os dadinhos de tapioca. O lanche vegetariano, com direito a batata chips, cogumelos e pão dos mais crocantes, também é uma ótima pedida!

O sabor da IPA

Panceta com molho da casa

As cervejas estilo India Pale Ale (IPA) têm gosto mais amargo que a lager, porém são extremamente aromáticas. Com cores que vão do dourado ao cobre, são ótimas para quem gosta de aproveitar todo o sabor da cerveja. Esta complexidade fica impecável quando contrastada com alimentos mais gordurosos. Por isso, a sugestão é harmonizar com a panceta, que vem acompanhada por molho da casa e fica ainda melhor com aquele limãozinho espremido.

A elegância da Dark

Costela bovina com mandioca frita

A Dark Strong Ale da Bones tem o maior teor alcoólico da lista, mas se engana quem pensa que isso diminui o sabor. Pelo contrário, a cerveja tem aroma frutado e gosto suavemente adocicado. É a mais elegante, servida em uma taça dessas bem chiques. Para combinar, duas das receitas mais pedidas na cervejaria: linguiça artesanal de cordeiro com hortelã ou costela bovina com mandioca.

A liberdade de quem gosta de curtir bons momentos

Pizzas da Bones já são conhecidas na cidade

Seja em casa ou na cervejaria, é importante deixar claro que cada um é livre para harmonizar a cerveja com a comida que preferir. Por exemplo: as pizzas da Bones são famosas e combinam muito bem com as cervejas, de acordo com o tipo de cobertura e também conforme o gosto do freguês.

Clientes podem levar cerveja para casa

Da mesma forma, é possível encher o growler com a cerveja preferida, levar para casa, convidar os amigos e se divertir. Para acompanhar, o tira-gosto que estiver disponível. Longe das imposições e da rigidez da gastronomia clássica, essa relação contemporânea entre o copo e o prato deve ser, antes de mais nada, livre e prazerosa. “A cerveja pode te dar sensações diferentes quando harmonizada com alguns tipos de comida. Estamos percebendo mudanças nos hábitos e no olhar sobre a cerveja artesanal, mas devemos sempre valorizar o princípio da liberdade”, ressalta Luis Paulo Innarelli, sócio da Bones.

Publicidade