Publicidade

Neste domingo (21), às 17h, a banda K2 se apresenta no Parque Ecológico da Zona Sul, ao lado do aeroporto, com o show “A Cidade e os Novos Tempos”, que traz músicas do último disco, “Brasileiro Alma Grande”, além de composições dos álbuns anteriores.

Show tem entrada gratuita (foto: Divulgação)

“Vai ser demais, um dia com muita coisa acontecendo em um parque lindo, uma boa combinação de arte e natureza e uma ótima chance das pessoas se encontrarem e de estarem juntas”, diz Pedro Cezar, cantor, guitarrista e compositor, que, ao lado dos músicos Diego Ávila, no baixo, e Douglas Maiochi, na bateria, completa 21 anos de carreira. Desde o início, a banda escolheu apostar na música autoral como proposta artística e provocativa.

“Com o objetivo da reflexão e do diálogo com o público jovem, as músicas autorais sempre fizeram parte do propósito, dando possibilidade de fala e expressão a partir da visão interiorana e sul-mineira”, comenta Diego Ávila. “Mas ao longo desses 21 anos também fizemos muitas releituras de artistas que nos inspiram e temos uma grande novidade relacionada a isso agora pro segundo semestre, daremos a notícia em primeira mão durante o show”, complementa.

E não faltarão músicas autorais. Segundo Douglas, o repertório deste show é todo inspirado na trajetória dos 21 anos. “Têm músicas que surgiram na época do primeiro disco, outras que nos renderem prêmios e reconhecimento país a fora, mas com certeza é um show para quem gosta ou quer conhecer as músicas do último disco”, comenta o baterista da banda.

A Cidade e os Novos Tempos, que dá nome ao show, é a primeira faixa do álbum de 14 faixas que já rendeu 2 videoclipes: Toda Mãe é Santa, que expõe a questão da violência contra a mulher, e Violeiro de Seoul, que ganhou o vídeo documental da turnê do K2 pela Argentina (novembro e dezembro de 2017). A faixa-título do álbum, Brasileiro Alma Grande, e canções como Gente Sem Herói, Riffinré e Nas Palafitas, também estão no repertório.

O mês de julho é um período especial para o K2. Nesse mesmo mês, em 1998, a banda subia ao palco pela primeira vez com o nome que, mais tarde, seria sinônimo de reconhecimento em prêmios e festivais nacionais, além de turnês pela América Latina, levando o nome de Poços de Caldas a lugares nunca antes alcançados. Desde então, se apresentar em julho para o público poços-caldense é sempre um marco na trajetória do grupo, um misto de novidade e celebração.

Casarão

Publicidade
Casarão

Publicidade
Casarão

Publicidade
Casarão

Publicidade

Clique aqui para ver a programação completa do Julho Fest.

Serviço

O quê? Show Banda K2 – A Cidade e os Novos Tempos

Quando? Domingo (21), às 17h

Onde? Parque Ecológico da Zona Sul

Quanto? Entrada gratuita

Publicidade