Publicidade
Pizza marguerita da Cantina do Araújo (fotos: Juliano Borges/Poços Já)

A pizza sabor marguerita tem origem real. Ela foi feita para agradar o paladar da rainha Margherita de Savóia, no final do século 19. Na tentativa de satisfazê-la, o pizzaiolo Raffaelle Sposito cobriu a massa com as cores da bandeira italiana: molho de tomate, queijo e manjericão.

Este é o sabor preferido do chefe Walter Araújo, que comanda a Cantina do Araújo, um dos restaurantes mais tradicionais de Poços de Caldas. A casa serve pizzas dos mais diversos sabores, muitos deles mais complexos do que a marguerita. Mas o paladar do chefe é simples.

Chefe Walter Araújo utiliza receita de massa criada há 90 anos
Casarão Choperia

O slogan da pizzaria ficou famoso por dizer que a massa é de pizza, e não de pão. O chefe faz questão de ressaltar que um dos segredos para a boa pizza é a utilização apenas de ingredientes de primeira linha, além da receita tradicional, que está na família há 90 anos, iniciada pelo pai dele, João de Araújo.

O forno a lenha, segundo Araújo, também é importante. “O forno a lenha é imbatível, dá um perfume extraordinário à massa. E não pode ser qualquer forno, tem que ter equilíbrio para conservar a temperatura de 350 a 400 graus”, comenta.

Forno a lenha é fundamental para o resultado final, segundo Araújo

Para o chefe, o segredo da boa pizza é “amor no coração. É o prazer em ver aquela maravilha saindo do forno, para comer com um paladar extraordinário e ter o prazer de dizer: isso é pizza”.

Publicidade