Publicidade

O primeiro sábado de Julho Fest tem muita música e brincadeiras na Praça Pedro Sanches e no Parque José Affonso Junqueira. Destaque para a peça teatral Lama – O Grande Cemitério, do grupo NucleArte, baseada em histórias reais relatadas nas coberturas do Poços Já das tragédias em Mariana e Brumadinho.

E preste atenção: os shows que ocorreriam na sexta-feira (4) foram transferidos para sábado e domingo, devido à chuva. Confira a programação do Julho Fest para este sábado (6):

Ernani Fernandes

Café Concerto (Parque José Affonso Junqueira), às 11h

Fotos: divulgação
Ernani Fernandes apresenta 12 canções autorais, entre elas duas inéditas e compostas em 2019. No repertório, amor, positividade, superação e também referências a Poços de Caldas, como na música “Vista da Rampa”.
Trupe de Divulgadores de Inverno
Espaço Unibanco (rua Assis Figueiredo), das 10h às 12h
A Trupe de Inverno, formada por Gui Guerriero, Jacque Ferrari, Clisthenis Betti e Thiago Geroto, interage com o público e divulga a programação do festival. Com muita alegria e bom humor, essa turma distribui a programação e explica locais e horários dos eventos.
Mundo da Criança 
Alameda do Teleférico, das 13h às 17h
O local é a casa das crianças neste Julho Fest, com brinquedos, recreação, pipoca, algodão doce e pintura facial.
7ª Gincana de Férias: Brincadeiras Além do Tempo
Alameda do teleférico, às 14h
Neste evento as crianças têm oportunidade de viver brincadeiras tradicionais, como queimada, corrida do saco, corda, bolinha de gude, pião, oficina de pipa e cantigas. O grupo, sob coordenação de Luiza Lopes e apoio de Felipe Campos, Julia Lopes, Thulio Bastos, Rafael Mendes e Filipe de Souza, promove a gincana aos sábados, dias 6, 13 e 20 de julho.
Os Três Machados
Alameda do Teleférico, às 15h30
A Dell’Arte Produções Artísticas apresenta uma contação de histórias baseada em conto infantil. Um lenhador ia todos os dias cortar algumas árvores, até que um dia o seu machado caiu dentro do rio. De dentro do rio saiu um gênio, que prometeu ajudá-lo se ele se comprometesse a replantar as árvores que cortava. Mas, antes, o lenhador passa por uma prova de honestidade e bondade. No elenco estão Bruna Caroline, Clisthenis Betti, Felipe Campos, Jacque Ferrari e Leandro Campos.
A voz do samba, com Nathália Diniz
Praça Pedro Sanches, às 14h30
Pelo quinto ano consecutivo na programação do Julho Fest, “A voz do samba” tem repertório cheio de preciosidades deste estilo musical, como “Pelo telefone” e “Aquarela do Brasil”, além de composições de Noel Rosa, Adoniran Barbosa, Cartola e Ataulfo Alves, entre outros. A banda é formada por Nathália Diniz na voz, Alexandre de Almeida no violão, Rodrigo Mendonça na flauta transversal e Emerson Merê na percussão.
A Voz das Mulheres, Banda Chocolate Quente
Praça Pedro Sanches, 15h45
O show “A voz das mulheres” é uma homenagem da banda Chocolate Quente a mulheres que marcaram a história da música brasileira e internacional, bem como a própria sociedade, na luta por direitos. Voz, potência, força e empoderamento marcam o repertório do show, que foi elaborado exclusivamente para o Julho Fest e homenageia grandes nomes como Elis Regina, Rita Lee, Clara Nunes, Nina Simone, Etta James e Sandra de Sá, entre outros.
No Rock Delas, Banda Zaion
Praça Pedro Sanches, 17h
Com influências internacionais clássicas e modernas, a Banda Zaion apresenta um show para os roqueiros. Tem até música autoral, a “I’m Here”. Na formação, Fernanda Mucciaroni no baixo, Gabriela Abreu na bateria, Larissa Rogante nos vocais e Camila Fernandes na guitarra.

Rock para Todos – Genes Recessivos

Casarão Choperia

Praça Pedro Sanches, às 18h15

A banda Genes Recessivos é conhecida por passear entre diferentes estilos do rock and roll. De Beatles a Franz Ferdinand, o repertório tem clássicos, anos 80 e muito indie. Com Vinícius Soares na bateria, Alemão no baixo, Fubá nos vocais e guitarra e Gil Vilela na guitarra, essa é uma boa opção para o fim de semana.

Tributo Woodstock, com Alice Não Mora Mais Aqui
Praça Pedro Sanches, 19h30
Em comemoração aos 50 anos do Festival Woodstock, a banda Alice Não Mora Mais Aqui apresenta canções que fizeram parte do festival em 1969 e na edição de 1994. Vai ter Janis Joplin, Jimmi Hendrix, Bob Dylan e Red Hot Chilli Pepers, entre outros nomes. A banda é formada por Danila Moreno, nos vocais, Magrão Mello, na guitarra, James Fiorini, no baixo, e Germano Fonseca, na bateria. O show ainda vai ter a participação especial do tecladista Fábio Laguna, que tocou nas bandas Angra e Hangar.
Lama – O grande cemitério
Teatro Benigno Gaiga (Urca), às 20h30
Espetáculo autoral do grupo NucleArte, baseado em relatos de vítimas das tragédias de
Mariana e Brumadinho para as séries de reportagens produzidas pelo Poços Já. Os ingressos devem ser retirados a partir das 9h, na bilheteria da Urca. Saiba mais neste link.

O Samba sem Você – Nego Moura e os Catiorobitchos

Praça Pedro Sanches, às 21h

Axé, samba-rock e muita energia estão garantidos no show de Nego Moura e os Catiorobitchos, com Lukaz Malaquias na bateria, Guilherme Dias na guitarra, Diego Noronha no cavaco, Breno Oliani no baixo, Giuliano D’Onófrio na percussão e DJ Fubá, além dos vocais de Nego Moura. O evento ainda marca o lançamento do single “O samba sem você não acontece”, que chega às plataformas digitais dia 19.
A programação completa do Julho Fest você pode ver clicando aqui.
Publicidade