Publicidade

O Espaço Cultural Ziriguidum está organizando uma excursão para São Paulo (SP) no próximo sábado (27). A grande atração é o musical Billy Elliot, produção à altura dos famosos espetáculos da Broadway. A viagem ainda tem visitas às exposições “Paul Klee – Equilíbrio Instável” e “Além do Infinito”, que propõe experiência imersiva.

Interessados podem entrar em contato pelos telefones (35) 3715-3534 ou 9 9194-3534, pelo e-mail dalmoni4@hotmail.com ou ir até o Ziriguidum, que fica na rua Ouro Preto, 102, Jardim dos Estados. Quem se inscrever ainda ganha uma aula gratuita de aquarela.

Saiba mais sobre a excursão:

Billy Elliot

Foto: João Caldas

Recordista de premiações em teatro musical, vencedor de dez Tony Award e cinco Olivier Award, Billy Elliot chega ao Brasil em nova superprodução assinada pelo Atelier de Cultura (A Noviça Rebelde, O Homem de La Mancha, Annie). Baseado no filme dos anos 2000, dirigido por Stephen Daldry, o espetáculo traz o consagrado ator Carmo Dalla Vecchia como Jack, o pai de Billy, acompanhado por 49 atores no elenco, além de 17 músicos, e mais de 80 técnicos.

Casarão

Publicidade
Casarão

Publicidade
Casarão

Publicidade
Casarão

Publicidade

Com músicas de Elton John, o enredo gira em torno de Billy, um menino que descobre querer ser bailarino, contra a vontade do pai. Esta é a inspiradora história de um garoto que luta para tornar realidade seu sonho, em meio ao conflito de sua família e comunidade, causado pela greve dos mineiros britânicos (1984-1985), em County Durham, no nordeste da Inglaterra.

Paul Klee – Equilíbrio Instável

Foto: divulgação

“Paul Klee – Equilíbrio Instável” reúne pela primeira vez na América Latina mais de 100 obras do suíço Paul Klee (1879-1940). Preparada especialmente para o público brasileiro, a exposição conta com 16 pinturas, 39 papéis, 5 gravuras, 5 fantoches e 58 desenhos, além de objetos pessoais do artista.

Além do Infinito

Foto: divulgação

Regina Silveira leva ao público “Up There”, na exposição de arte imersiva “Além do Infinito”, uma narrativa visual e sonora de uma trajetória ficcional, com mais de três minutos de duração, que inicia na altura de um grupo de corpos celestes imaginários e desce ao topo das nuvens de uma suposta atmosfera terrestre, com sequência em loop. A viagem infinita se faz do chão desta mesma sala, virtualmente transformado em plataforma flutuante. A obra tem trilha sonora do pianista Rogerio Rochlitz.

Publicidade