Publicidade
Filme será exibido em um telão (fotos: divulgação)

Na próxima terça-feira (18), às 19h, o Cine Olhar exibe o filme “Saneamento Básico” para os estudantes do programa Escola de Jovens e Adultos (EJA) na Escola José Bonifácio, em Andradas (MG). A entrada é gratuita e aberta a todos os interessados.

O projeto é parte do Olhar Circular, que promove oficinas de fotografia, artes visuais e cultura para 60 alunos com idades entre 16 e 80 anos, estimulando a permanência dos mesmos na escola.

Casarão Choperia

O filme escolhido para esta edição é Saneamento Básico. A trama se passa na cidade fictícia de Linha Cristal, uma pequena vila de descendentes de italianos na serra gaúcha. Lá, os personagens que são interpretados por Fernanda Torres, Wagner Moura, Camila Pitanga, entre outros, reúnem-se para tomar providências a respeito da construção de uma fossa para o tratamento do esgoto. Eles elegem uma comissão, que é responsável em fazer o pedido junto à sub-prefeitura. A secretária do prefeito reconhece a necessidade da obra, mas informa que não há verba para realizá-la. Entretanto, a prefeitura dispõe de quase 10 mil reais para a produção de um filme. Este dinheiro foi dado pelo governo federal e, se não for usado, será devolvido em breve. Surge então a ideia de usar a quantia para realizar a obra e rodar um filme sobre a própria obra. Porém, a retirada da quantia depende da apresentação de um roteiro e de um projeto do filme, além de haver a exigência que ele seja de ficção. Desta forma os moradores se reúnem para elaborar um filme barato, que conta a história de um monstro que vive nas obras de construção de uma fossa.

Projeto dá acesso ao cinema para crianças, jovens e adultos

Sobre o projeto
O projeto Olhar Circular ocorre há oito anos e tem como objetivo estimular adolescentes a dialogar sobre cultura, patrimônio, memórias e vivências e as oficinas são voltadas a fotografia e cultura. “Vamos trabalhar as artes como meio de construção ético sociocultural em conjunto com as comunidades”, disse a produtora do projeto, Valéria Freitas.

Publicidade