Publicidade

Um projeto cultural organizado pelo coletivo Studio Gota, em parceria com o coletivo paulistano El Grafitti, vai colorir e revitalizar diversos pontos de Poços de Caldas, entre os dias 23 e 28 de abril. Cinco artistas de São Paulo e Curitiba serão os principais responsáveis pela produção das pinturas da 1ª Semana Urbana de Poços.

Entre os artistas participantes está Alex Senna, grafiteiro e ilustrador, natural de Orlândia (SP), que possui trabalhos e exposições em cidades como Berlim, Barcelona e Paris. A linguagem utilizada nas obras dele mesclam atenção aos detalhes, com simplicidade no traço, em preto e branco, trabalho que é facilmente reconhecido.

Também estão confirmados os grafiteiros Karen Kueia (Uberlândia – MG), Rafael Shine (São Paulo – SP), Felipe 3 Visão (São Paulo – SP), Renata Maniasse (São João da Boa Vista – SP) e Diego Dais (Santa Rita do Sapucaí – MG).

TORONTO – Alex Senna possui trabalhos em vários países ( foto: redes sociais )
Publicidade

Estevão Verola, um dos organizadores, explica que trazer cor, música e mudar a forma como a arte urbana é vista são os principais objetivos do projeto.  “A gente está querendo descriminalizar essa arte, para Poços de Caldas e o sul de Minas verem com outros olhos. É uma ação que pode inspirar”.

A ideia de fazer a Semana Urbana surgiu há quatro anos, através da parceria realizada entre o Estúdio Gota e o Coletivo El Grafitti. O grupo tinha a intenção de fazer intervenções nos locais onde essa arte ainda não é divulgada e nem valorizada, e chegou à conclusão que em Poços estavam faltando cores e trabalhos inspirados na arte de rua.

“O objetivo é disseminar esse tipo de arte que aqui é meio vandalizada, tem um preconceito, a gente quer mostrar que pichação bem trabalhada também é arte,” destaca.

Atualizar a cidade é outro argumento do projeto. Muros abandonados públicos e particulares serão pintados pelos artistas. Pedro Godoy, outro organizador do evento, espera que estes pontos tornem-se novas atrações. “Eu acho que esses locais, além de bonitos, também vão fortalecer o movimento turístico na cidade”.

As paredes selecionadas para as intervenções estão localizadas em pontos variados pela cidade, como o Teatro da Urca e o Parque Municipal, onde um muro de 200 m² será coberto por trabalhos de vários artistas regionais, pinturas que devem levar três dias para serem finalizadas. Além desses, um edifício na rua Marechal Deodoro e locais da Puc e da Cascatinha também serão grafitados. “Eu acredito que esses murais vão dar um pouco de inspiração e nova percepção para todos da cidade”, comenta Pedro.

Karen “Kueia” expôs na 4ª Bienal internacional de Graffiti, de 2017, em São Paulo  (foto: redes sociais)

Com o slogan, “Arte, graffiti, música” a campanha terá também apresentações de música e aulas de grafite para crianças e adultos, com uma oficina onde terão a oportunidade de ter o primeiro contato com a arte.

Todos os locais que serão grafitados também vão receber doações de alimentos, que serão encaminhadas para instituições de Poços de Caldas. Os artistas e apoiadores interessados em participar do evento devem entrar em contato com os organizadores pelo Facebook e Instagram (@Gota ou @ElGrafitti), pelos telefones (11) 9 8835-3919 ou (11) 9 8628 – 9628 ou pelo email: gotastudioart@gmail.com

A lista completa de locais das intervenções ainda não foi divulgada.

Live painting

Uma celebração no New York Pub, dia 26 de abril (quinta-feira), será um dos pontos altos do evento. Os músicos Fattah Zr, Monkey Jhayam e o grupo AOM Sounds vão animar a galera, em uma festa com “live painting”. O público poderá acompanhar de perto um grafiteiro convidado, que vai produzir obras ao vivo.

Os ingressos  podem ser adquiridos a partir desta quarta-feira (11) nas lojas Radical Sports(Rua Prefeito Chagas, 244), e Tiagão Tatoo Crew (Rua Prefeito Chagas, 318 – loja 10). O valor é R$20.

Publicidade