Publicidade

A peça “A Igreja bem assombrada”, apresentada pela Cia. de Parolis de Teatro, é destaque desta terça-feira, 16, na programação do Julho Fest.

O texto de Jomar Magalhães conta a história de um sacristão que vive em uma pequena cidade do interior de Minas Gerais. Ao fazer a imagem de um santo falar, ele provoca muita polêmica. A partir daí, o padre começa a investigar o caso.  “É uma peça sobre alienação. Mostra como é fácil manipular pessoas alienadas, mesmo que seja usando a fé delas”, explica o ator Thiago de Parolis.

No elenco estão sete atores e 15 figurantes. A direção é de Clisthenis Betti e a produção de Rose de Parolis.

Além disso, a programação de hoje conta com mais uma edição do Concurso Municipal de Poesia Teresa Valquez Carvalho de Faria. Será às 19h, na Biblioteca Centenário.

Apresentação começa às 20h30
Apresentação começa às 20h30

Serviço

A Igreja bem assombrada

Local: Espaço Cultural da Urca – Teatro Benigno Gaiga

Horário: 20h30

Entrada: R$10,00 inteira/ R$5,00 meia

Classificação Livre

 

Publicidade