Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

Investigações realizadas pela Polícia Civil durante quatro meses levaram à prisão de dois traficantes, de 20 e 43 anos, nesta sexta-feira (22). Foram apreendidos 44 tabletes de maconha, cocaína e drogas sintéticas, além de armas, munições, balanças de precisão, rádios comunicadores e aparelhos celulares.

Além das drogas, dupla tinha armas e munições (fotos: Polícia Civil)
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

“Essa operação começou com investigações iniciadas no final de janeiro, pela Agência de Inteligência, que angariou informações e conseguiu identificar alguns suspeitos e os possíveis endereços onde eram guardadas as drogas e armas de fogo”, esclarece o delegado Cleyson Rodrigo Brene.

A operação foi desencadeada por volta das 6h, com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão. Na casa do rapaz de 20 anos, apontado como fornecedor de drogas da região, foram encontrados dois revólveres, cinco tabletes de maconha e cocaína.

Mulher armazenava as drogas para rapaz abastecer os traficantes de varejo

No segundo endereço, na residência da mulher de 43 anos, suspeita de guardar a droga, foi encontrada uma mala com 39 tabletes de maconha, cerca de 500 gramas de cocaína, drogas sintéticas e três armas, entre elas uma 9 mm, de uso restrito.

Já no terceiro alvo não foram localizadas drogas, mas foram feitas apreensões de celulares, que podem revelar novas informações sobre o esquema criminoso.

Além dos dois presos, a polícia ainda conduziu três pessoas para colher depoimentos. Os trabalhos são iniciais e novas fases devem ser desencadeadas. A intenção do delegado é analisar eventual conexão entre os investigados, a partir do que já foi obtido até o momento, bem como identificar a participação de outras pessoas no tráfico. “A ideia é continuar a investigação no intuito de desbaratar o maior número de envolvidos com o tráfico naquela região”, conclui o delegado.

Publicidade