Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

O quadro de policiais civis no 18º Departamento de Polícia Civil (DEPPC), em Poços de Caldas, ganhou reforço com três novos delegados e dez escrivães, recém-designados. Eles assumem os cargos, a partir desta semana, nas delegacias de Alfenas, Andradas, Campos Gerais, Carmo do Rio Claro, Cássia, Monte Santo de Minas, Muzambinho, Piumhi, Santa Rita de Caldas e São Sebastião do Paraíso.

Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Todos passaram pelo Curso de Formação Técnico-Profissional, promovido pela Academia de Polícia Civil, durante cinco meses, com aulas teóricas e práticas. O Chefe do 18º Departamento, Delegado Edson Rogério de Morais, ressalta a importância do reforço no efetivo: “A designação de profissionais dessas carreiras fortalece a Polícia Civil na região e também contribui para uma renovação no ambiente institucional, à medida em que chegam com novos conceitos de prática policial”.

Outra observação do chefe do departamento é que os novos delegados e escrivães vão suprir uma demanda desses profissionais nas unidades contempladas. “As comarcas passam a contar com estrutura completa de policiais civis”, assinala.

Nova integrante da equipe do 18º DEPPC, a delegada Ariadya Carla Tavares Silva assume a Delegacia de Polícia Civil em Monte Santo de Minas. “Sinto-me honrada em fazer parte da instituição. Tenho ciência da responsabilidade e da importância que a Polícia Civil representa perante a sociedade, e pretendo exercer o cargo de forma ética e eficiente, tendo sempre em vista a missão de prestar um trabalho de qualidade na Segurança Pública e na Justiça Criminal”, revela.

Em todo o estado, 138 policiais civis, sendo 24 delegados e 114 escrivães, vêm para reforçar o efetivo da PCMG e desenvolver suas funções em unidades de regiões distintas. A designação foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais, na última quarta-feira (1º), e tem como critérios os estudos técnicos e metodológicos que indicaram locais de maior necessidade dos servidores previstos em resolução específica da Polícia Civil.

Publicidade