Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

O Procon Municipal está orientando estabelecimentos que vendem produtos da cesta básica que restrinjam a quantidade de itens adquiridos por pessoa. A medida visa prevenir o desabastecimento.

Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

A orientação, dirigida a supermercados, mercearias e hipermercados, foi publicada nas redes sociais. Os consumidores devem ser orientados ainda nos corredores, onde os produtos devem ter uma sinalização de forma clara e ostensiva do número máximo de produtos disponibilizados por pessoa. “Tal medida visa garantir o abastecimento dos estabelecimentos e atender as necessidades da população, em situação de grande procura, e enquanto durar a pandemia do coronavírus”, pontua a nota.

O Procon explica ainda que já fez contato com os estabelecimentos, que garantem ter estoque suficiente para garantir o fornecimento de produtos básicos a toda a população, desde que respeitados os limites estabelecidos.

Outra orientação do Procon é que, ao fazer compras, apenas uma pessoa de cada família se dirija ao supermercado, dando prioridade àqueles que estão fora dos grupos de risco. Vale lembrar que alguns estabelecimentos adotaram horários especiais para atender idosos caso estes não tenham quem faça as compras para eles.

Publicidade