Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

O padeiro Leonardo Rodrigues foi condenado, durante sessão do júri popular realizada na quarta-feira (19). A pena é de oito anos de prisão em regime fechado. Ele executou o servente de pedreiro Renato Margarida Bezerra, na época com 29 anos, em maio do ano passado.

Vítima foi executada a caminho do trabalho
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Leonardo era réu confesso do caso desde que se apresentou à delegacia e assim permaneceu perante os jurados. Novamente ele afirmou ter matado o pedreiro porque no dia anterior ele estaria o ameaçando.

O servente foi alvejado com três tiros, na testa, no céu da boca e mais um nas costas, que perfurou seu fígado, diafragma e pulmão esquerdo, na rua Álvaro Quinteiro Júnior, bairro Conjunto Habitacional.

A defesa do réu foi apresentada pelos advogados Caike Mateus Pereira e Lucas Gomes Flauzino.

Publicidade