Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

Um guarda municipal sofreu injúria racial durante uma abordagem na noite de domingo (9). O autor, morador de rua, desobedeceu ordens durante o atendimento.

Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Segundo a Guarda Municipal, era pouco antes das 22h quando o servidor trabalhava junto de agentes da Promoção Social em abordagens de pessoas em situação de rua, em atendimento a pessoa que estava caída no chão, na rua Assis Figueiredo, perto da Igreja Matriz. Neste momento, um homem que passava pelo local começou a proferir palavras de baixo calão aos servidores, perturbando o trabalho.

O guarda solicitou apoio via rádio e uma viatura compareceu ao local, tendo os seus integrantes também sido recebidos pelo indivíduo com palavras ofensivas. Neste momento, ele chamou o guarda de “macaco”.

Diante do fato, foi dada voz de prisão ao indivíduo, o qual passou a resistir à prisão, desobedecendo aos servidores e tentando agredi-los. O autor tem 49 anos e várias passagens policiais.