Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

A Polícia Militar registrou, na quarta-feira (22), mais dois casos de estelionato em Poços de Caldas. Um auxiliar de acabamento teve o cartão clonado ao efetuar uma compra em um site fraudulento e um funcionário público descobriu uma conta online com o uso de seus dados pessoais.
O primeiro registro foi feito pelo auxiliar de 29 anos. Ele contou que fez uma compra no valor de R$ 89,90 no que acreditava ser da loja Casas Bahia, porém soube depois que se tratava de um site fraudulento e que seu cartão de crédito foi utilizado indevidamente em uma compra pela internet no valor de R$ 298,80.
Já um funcionário público federal de 44 anos conseguiu ter um prejuízo menor por manter um dispositivo que comunica toda a movimentação em sua conta. À PM ele relatou que recebeu a notificação de um Débito Direto Autorizado (DDA) de R$ 6. Como não sabia do que se tratava ele foi em busca de informações e descobriu que seu CPF está cadastrado em um conta bancária online, mas com o nome de uma pessoa desconhecida.
A vítima procurou o Procon, que abriu uma notificação formal ao banco, e em seguida registrou o boletim de ocorrência.