Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

Após duas semanas de investigação, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Campestre, concluiu o inquérito instaurado para apuração de uma tentativa de homicídio ocorrida no dia 31 de dezembro de 2019, durante um evento público na cidade de Bandeira do Sul. Na ocasião, um homem de 23 anos foi agredido por dois indivíduos com golpes de faca.

Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

Durante as diligências para chegar até os dois suspeitos, que têm 18 anos, a PCMG ouviu cerca de dez testemunhas, embasou-se nos laudos elaborados pela perícia e utilizou imagens de câmeras de segurança instaladas na região.

Ao serem interrogados, os suspeitos confessaram a autoria do crime. Os investigados foram formalmente indiciados por tentativa de homicídio qualificado por recurso que dificultou a defesa da vítima, visto que as facadas foram desferidas nas costas. Foi apurado, ainda, que um dos envolvidos forneceu a arma do crime, além de agredir a vítima com socos e chutes, enquanto o comparsa a golpeou pelo menos três vezes. A vítima continua internada no hospital, em estado grave.

Segundo o delegado que investiga o caso, Tales de Souza Moreira, “embora os suspeitos não tenham confirmado tal versão, as provas produzidas nos autos indicam que o crime teria motivação passional, pois a vítima mantinha um relacionamento amoroso com a ex-namorada de um dos suspeitos”. O inquérito policial foi remetido à Justiça.