Publicidade

A Prefeitura de Poços de Caldas divulgou nota oficial, na noite desta quinta-feira (5), sobre o acidente que aconteceu no teleférico. Além de informar que a prioridade no momento é o atendimento ao servidor que estava na cabine que caiu, a nota ainda adianta que o teleférico está interditado até que as causas da queda sejam apuradas.

Cabine caiu em oficina, mas servidor pulou antes -foto: Leandro Luiz

Leia a nota na íntegra:

“A Prefeitura Municipal de Poços de Caldas informa que está tomando todas as providências para apurar as causas do acidente ocorrido na tarde de hoje com uma das cabines do teleférico e lamenta pelo ocorrido. A prioridade no momento é o auxílio médico ao servidor Miguel Albano, auxiliar de manutenção do equipamento, com mais de 20 anos de experiência na função, que estava na cabine no momento do acidente e encontra-se em estado estável, consciente, e está sendo avaliado pela equipe da Santa Casa. Informa também que durante toda a semana o teleférico estava fechado para manutenção, portanto não estava aberto para a população e turistas. A cabine acabou de passar por perícia e o teleférico está interditado, temporariamente, até que sejam apuradas as causas do acidente e tomadas todas as medidas necessárias para o seu funcionamento com plena segurança”.

Publicidade

Saiba mais sobre o caso clicando aqui.