Publicidade

A Polícia Civil marcou para a tarde desta quarta-feira (14) uma entrevista coletiva para dar detalhes sobre as investigações do desaparecimento de Deisiele de Cássia Roque, de 33 anos. O caso tem preocupado os poços-caldenses após uma familiar fazer uma publicação no Facebook informando que a mulher foi assassinada.

Desiele, ou Dayse, como era conhecida, foi dada como desaparecida ainda em junho deste ano. Segundo familiares, ela saiu de casa sem dizer para onde iria e não retornou, apesar de ter uma filha de cinco anos. Desde então, fotos dela estão sendo divulgadas na tentativa de localizá-la, foi registrado um boletim de ocorrência e o caso passou a ser investigado pela Agência de Inteligência.

Deisiele saiu de casa e não voltou mais, segundo a família (foto: redes sociais)

Na terça-feira (13), a publicação feita pela irmã de Dayse chocou a população da cidade. Ela agradeceu as orações em nome de sua família e informou que Dayse foi assassinada. Após comentários perguntando o que teria acontecido, ela fez um segundo comunicado informando que o corpo da jovem ainda não foi encontrado.

Publicidade

O delegado Cleyson Rodrigo Brene, que chefia as investigações do caso, convocou uma coletiva de imprensa para esta quarta, quando pretende esclarecer os diversos questionamentos, em especial como se deu o crime, se já sabem quem o cometeu e se o corpo está mesmo desaparecido.