Publicidade

Na terça-feira (28), a Alcoa reuniu todos os integrantes da rede de atendimento, definidos no seu Plano de Atendimento a Emergências (PAE), em um simulado de mesa. O evento tático foi realizado durante todo o dia, no Clube Alcoa, conduzido pela equipe da Pimenta de Ávila Engenharia e Consultoria, especializada em geotecnia, recursos hídricos e meio ambiente, gestão de riscos e segurança de barragens.

Participaram representantes da Alcoa, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar (incluindo Polícia Ambiental, Rodoviária e Operações Aéreas), Polícia Rodoviária Federal, Samu, Departamento Municipal de Eletricidade (DME) e Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), que realizaram exercícios para avaliar as ações que deverão ser realizadas, os recursos necessários e o papel de cada órgão para enfrentar adequadamente uma situação de emergência.

Participantes do simulado de mesa (foto: Alcoa)

Ao abrir o simulado, Walmer Rocha, gerente de Operações da Alcoa em Poços de Caldas, falou do longo caminho percorrido pela empresa para chegar a este momento. “Estamos começando a materializar hoje todo o trabalho que estamos desenvolvendo, há muitos anos, na elaboração do nosso PAE, com o suporte de empresas especializadas”, disse. “Com a realização do cadastramento dos moradores, que seriam impactados em um hipotético rompimento de uma das nossas Áreas de Resíduos de Bauxita, e este simulado, tenho a certeza de que estamos preparados para a próxima etapa, que é a realização do simulado com a comunidade, transmitindo informação, segurança e tranquilidade aos moradores”.

Publicidade

Dois destaques do simulado de mesa foram o compartilhamento de conhecimentos e informações, e a apresentação de contribuições, uma delas já implementada – a criação e um grupo de WhatsApp que permitirá acionar de forma rápida todos os integrantes do PAE.

Para o cap. Enio Virgílio Martins de Souza, subcomandante da 1ª Cia. Independente de Bombeiros, o simulado de mesa foi excelente, um importante momento de integração de todos os órgãos responsáveis pelo atendimento a emergências e a Alcoa, responsável pela área, e de verificação de erros possíveis de acontecer no dia do atendimento da ocorrência. “Vamos para o simulado de campo com todos os problemas que poderiam ocorrer já corrigidos”, destacou.

“Foi um dia muito produtivo e de interação ímpar entre todos os atores que irão operar em um cenário de crise, que torcemos para que nunca ocorra, mas se ocorrer estaremos preparados”, avaliou o major André Luiz, comandante da 18ª Cia. de Polícia Especializada. “O simulado de mesa foi uma forma brilhante de preparar todos para o de campo”.

O coordenador da Defesa Civil de Poços de Caldas, Mauro Barbosa, elogiou o evento e disse que ele foi de suma importância para alinhar as ações do dia 4, quando será realizado o simulado de campo, com a comunidade. “Neste simulado ficou definido o papel e a capacidade de cada órgão de defesa social, dando a todos maior segurança”.

Simulado com a comunidade

Na próxima terça-feira (4), a Defesa Civil, com o apoio da Alcoa, realizará o Simulado de Evacuação com a participação de moradores da parte baixa do bairro Jardim Kennedy II, já cadastrados, e que estão na Zona de Autossalvamento (ZAS). O simulado terá início às 10h, com alerta feito pela Defesa Civil, por meio de um carro de som, e terá a participação do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Polícia Rodoviária Federal, SAMU, Departamento Municipal de Eletricidade (DME) e Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE).

Como parte da preparação da comunidade para o simulado, no sábado (1º), às 16h, representantes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros estarão na praça do bairro (rua Mucovita, altura do nº 80) para conversar e esclarecer dúvidas da comunidade sobre o Simulado.

Além disso, todos os 585 moradores das 202 casas localizadas na ZAS receberão folder explicativo sobre a atividade de evacuação – este serviço será executado pela Labore, mesma empresa que já fez o cadastramento no bairro.

*Fonte: assessoria de imprensa