Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade
Eagle Motos
Publicidade

A Polícia Militar registrou entre a noite de quarta-feira e a madrugada de quinta nove furtos de veículos. Ao fazer rastreamentos, os policiais encontraram dois suspeitos dos crimes e conseguiram recuperar oito carros. Os suspeitos ainda teriam praticado um roubo em uma padaria da área central.

Veículo estava capotado na Represa do Cipó
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

De acordo com a PM, alguns registros de furto foram informados pela manhã e equipes foram direcionadas para a realização de diligências. Durante os trabalhos, uma equipe abordou um rapaz de 32 anos e um adolescente de 16 anos. O primeiro estava carregando um pneu e uma bolsa azul com ferramentas. A dupla tentou se esconder em um mototaxi, mas não conseguiu. Desconfiados, os policiais fizeram uma busca pela região e encontraram no cruzamento da avenida Padre Francis Cletus Cox com a Travessa Zanata um Monza furtado. Instantes antes da abordagem, a corporação foi informada de um assalto numa padaria da área central, na rua Assis Figueiredo, de onde foram subtraídos R$ 170.
Ao revistar a dupla, os policiais arrecadaram dois celulares quebrados, uma réplica de arma de fogo e o dinheiro roubado da padaria.
O homem negou que tivesse praticado qualquer crime, enquanto o adolescente chamou para si a responsabilidade dos crimes. Ele contou que furtou carros em diversos pontos da cidade e que depois os abandonava e pegava outro.
Até o início da tarde desta quinta-feira, oito carros já tinham sido recuperados, três deles na Represa do Cipó. Um dos veículos estava capotado e a vítima só percebeu o furto quando a polícia já o havia encontrado.
Outros dois veículos foram localizados próximos ao aterro sanitário na Zona Sul da cidade, praticamente depenados.
O adolescente confessou ter praticado os crimes ao longo dos dois dias, mas não disse se era apenas para andar com os carros, para subtrair peças ou para o pagamento de dívidas de drogas. Agora a Polícia Civil vai investigar o caso e determinar se a dupla detida pode estar envolvida em outros casos.

Publicidade