Um mecânico de 19 anos foi vítima de tentativa de homicídio durante a tarde de domingo (14), no Jardim Vitória IV. Ele levou uma facada nas costas e sobreviveu graças à intervenção de testemunhas.

As testemunhas contaram que saíam de casa, por volta das 13h30, na rua Jorge Roberto Viviane, quando se depararam com Guilherme Henrique de Sousa Lobo, de 19 anos, caído no chão. Dois homens, posteriormente identificados como João Claúdio de Paiva Lopes, de 25 anos, e João Paulo de Paiva Lopes, de 22 anos, ambos também mecânicos, se aproximaram da vítima.

As testemunhas interviram pedindo para que desistissem, mas João Paulo teria ignorado os pedidos e com a faca em mãos disse para que elas se afastassem e os ameaçou. Ele teria dito que, se não terminassem o serviço naquela hora, o fariam em outra ocasião e também matariam as testemunhas.

Publicidade

A Polícia Militar foi acionada, mas os autores já haviam fugido. A vítima tinha uma perfuração no lado esquerdo das costas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceu ao local e encaminhou o jovem para a Santa Casa.

Em rastreamento, a polícia conseguiu localizar os dois suspeitos. João Claudio contou que usou uma faca de cabo preto para ferir a vítima e que a dispensou após o crime. Já João Paulo, que apresentava alguns ferimentos pelo corpo, disse que já estava armado com a faca antes de encontrar a vítima. Uma faca foi apreendida na casa dele e a polícia acredita que ela tenha sido usada para ferir o mecânico.

A dupla foi presa em flagrante e encaminhada para a delegacia. O motivo do crime ainda não foi esclarecido.

Publicidade