A Justiça absolveu nesta semana Luis Fernando Souza Quintino da acusação de ter roubado um idoso de 66 anos em maio de 2017. O segundo acusado, Diego Aparecido de Carvalho, foi condenado a quatro anos e dez meses de prisão em regime semiaberto.

Ambos foram presos pela Polícia Civil após as investigações do assalto, que aconteceu na rua Beira Linha. No dia do crime a vítima, além de ter seus pertences e carros roubados, foi agredida e chegou a ficar desacordada. De acordo com as investigações, criminosos ficaram dentro da casa por cerca de 30 minutos, tempo suficiente até para cozinhar.

A polícia descobriu que uma menina menor de idade, conhecida do idoso, planejou o crime e esteve na casa dele. Ao sair ela deixou a porta aberta para que os comparsas pudessem agir. Foi essa adolescente que acabou entregando o restante do grupo ao ser levada para prestar depoimento.

Publicidade

O caso foi encaminhado ao Ministério Público e a justiça em sentença absolveu Luis Fernando das acusações, já que os três adolescentes envolvidos no caso e o segundo acusado negaram que ele tivesse participado, informando apenas que ele soube da execução antes do crime. Já Diego foi condenado. Ainda cabe recurso em segunda instância.

Publicidade