Um gerente de 52 anos foi sequestrado em Poços de Caldas na noite de terça-feira (12). Após render a vítima um criminoso o teria obrigado a ir até o distrito de São Roque da Fartura, em Águas da Prata, e abrir o cofre da agência onde trabalha.

De acordo  com o registro da Polícia Militar, era por volta das 20h quando a vítima circulava pela avenida João Pinheiro em um Renault Clio e foi surpreendida pelo criminoso, que o rendeu armado com o que parecia ser uma pistola.

O bandido entrou no carro com o gerente e o obrigou a ir até o distrito de Águas da Prata, onde ele trabalha em uma agência do Banco do Brasil e abrir o cofre. O criminoso subtraiu certa quantia em dinheiro e uma arma.

Publicidade

Com os objetos em mão o ladrão voltou para o carro com o gerente e o obrigou a voltar para Poços, ordenando que ele parasse na Vila Olímpica, próximo ao Ronaldão, onde o amarrou e amordaçou.

Sozinho e sem ter como se mover, o gerente acionou a buzina do carro usando o corpo. Ele conseguiu chamar a atenção de um morador que o desamarrou e acionou a polícia.

A vítima foi encaminhada ao hospital sem ferimentos, apenas abalada pela susto. A polícia fez rastreamentos em busca do autor, mas até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

 

Publicidade