Publicidade

O responsável por um estacionamento penhorou o carro de uma cliente em troca de pedras de crack, na última quarta-feira (9). Ele chegou a simular que o carro havia sido furtado. O adolescente que receptou o veículo foi apreendido e o carro recuperado pela Polícia Militar.

A Polícia Militar foi informada dos fatos à tarde, quando a vítima, uma professora de 40 anos, acionou os militares em um estabelecimento, na rua José Menezes Junior, no centro, onde havia deixado seu carro no dia anterior, para que fosse lavado. Antes de buscar o veículo,  o proprietário do local ligou para a professora informando que, durante a madrugada, o automóvel dela havia sido furtado do interior do estacionamento.

A PM registrou o caso e deu início aos rastreamentos, até que conseguiu interceptar o veículo na rua Rio Grande do Sul, sendo conduzido por um adolescente de 17 anos. O infrator contou que durante a madrugada foi procurado por C., dono do estabelecimento, e que ele queria trocar dois pares de tênis por pedras de crack, mas que não aceitou a proposta. Então C. ofereceu o veículo I/Chevrolet Ágile LTZ, propondo que lhe fossem entregues duas pedras de crack e que o infrator ficasse com o automóvel até às 14 horas e assim ocorreu.

Publicidade

O adolescente foi apreendido e a vítima acionada para verificar o que estava faltando no carro. Ela deu falta de um notebook, um Iphone 6 Plus, várias peças de roupas, uma mala e um par de tênis.

Ao saber que o dono do estacionamento tinha penhorado o veículo a PM tentou localizá-lo, mas até o fechamento desta matéria ele não tinha sido localizado. O menor infrator foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil e o automóvel foi removido pelo guincho credenciado, para posterior ressarcimento à proprietária.

O caso agora será investigado pela Polícia Civil.

Carro foi recuperado (foto:PM)
Publicidade