Publicidade

Um vendedor de colchões terapêuticos usou a cartela de clientes da empresa em que trabalhava para aplicar um golpe em Poços de Caldas. O crime aconteceu em novembro do ano passado, mas a vítima só descobriu agora.

O caso foi registrado na Polícia Militar na última terça-feira (8). A vítima, um aposentado de 74 anos, contou que em outubro de 2016 comprou um colchão terapêutico da empresa Tera Life, em 72 prestações. Após pagar 25 prestações, foi informado pelo suposto vendedor que teria direito a uma indenização por juros abusivos em desfavor da referida empresa.

No dia 03 de novembro o estelionatário voltou a procurar o aposentado e ofereceu outro colchão terapêutico, desta vez, produto da empresa Therapy Line, mas, disse que este não teria nenhum custo adicional, pediu apenas que a vítima assinasse alguns documentos.

Publicidade

Foi só na última segunda-feira (7) que o idoso descobriu que havia sido vítima de um golpe. Ao tirar um extrato bancário, notou que havia um empréstimo consignado em seu nome no valor de R$ 3.000,00. Na agência do INSS ele foi informado que fizeram um empréstimo em seu nome para ser descontado no benefício.

Em contato com o SAC da empresa Tera Life, um atendente o informou que o vendedor era mesmo representante da empresa no Sul de Minas e o aposentado foi orientado a procurar a polícia para registro.