Publicidade

O caso da possível bomba deixada no registro de luz de um prédio na rua Barão do Campo Místico, no centro de Poços, na manhã desta quarta-feira (11) já foi solucionado. De acordo com a Polícia Militar, não se tratava de artefato explosivo, mas sim, de uma luminária artesanal.

Segundo o tenente Edvaldo Alves da Silva, o objeto foi deixado por um ex-namorado de uma moradora do prédio, como um presente. Receosos e sem saber do que se tratava, os moradores resolveram acionar a polícia.

Ao se apresentar no local, o homem se mostrou agressivo durante busca pessoal e acabou sendo detido, mas já foi liberado.

Publicidade

O objeto foi recolhido pela Polícia Militar.

Publicidade