Publicidade

Leituristas do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) agora contam com novo sistema para recebimento e transmissão de dados via celular, utilizando-se da rede do DMAE ou uma rede 4G da Internet.

O novo sistema visa otimizar o trabalho de leituristas, fiscais e servidores envolvidos nas rotinas internas do setor comercial, onde dados são lançados internamente no sistema de gestão, passando por análise e gerando automaticamente informações para leitura e fiscalização. Agora os serviços de atendimento e fiscalização são realizados totalmente via web, permitindo acesso on-line e off-line e monitoramento pelos responsáveis do DMAE tanto no escritório do Departamento, quanto através de dispositivos móveis, podendo visualizar o andamento dos serviços e seus respectivos dados técnicos para execução.

Processo

Publicidade

Quando o equipamento é sincronizado à rede do DMAE, os serviços são enviados aos aparelhos e uma vez recebidos pelos leituristas ou fiscais, estes saem a campo. Também é possível,  quando o consumidor solicitar o serviço no DMAE, que o fiscal que estiver na região a ser atendida, receba a solicitação e automaticamente execute o serviço.

O sistema visa aperfeiçoar os tempos de execução, eliminando a circulação de papéis,  destacando ainda que o retorno do serviço executado em campo, também volta já lançado no sistema, evitando trabalhos internos para lançamento da informação.

O gerente comercial do DMAE, Maurício Kato, explica o uso da ferramenta. “Neste sistema tratamos a funcionalidade off-line, porque não conseguíamos ter o sistema de internet disponível o tempo todo nos dispositivos móveis. Assim, os trabalhos continuam sendo registrados e atualizados no dispositivo móvel mesmo sem sinal de internet e quando o link restabelece, essas atualizações feitas pelo fiscal ou leiturista no dispositivo móvel são atualizadas no banco de dados do DMAE e os novos serviços  também são sincronizados e enviados aos dispositivos móveis dos fiscais e leituristas. Portanto, a qualquer momento, os dados estão trafegando, independentemente  do fiscal ou leiturista estar no DMAE ou em campo, resultando assim em uma melhor prestação de serviço ao consumidor” finaliza.

 

Publicidade