Publicidade

A Polícia Militar encontrou, na última quarta-feira (16), uma mulher de 38 anos que estava desaparecida. O suposto namorado dela foi preso, por ter um mandado de prisão em aberto.

Os trabalhos começaram ainda no dia 15, quando o pai da mulher procurou a delegacia alegando que há cerca de cinco dias sua filha não voltava para casa e não atendia o celular. Ele contou que ela havia saído alterada e embriagada, com o namorado.

Na quarta-feira alguns contatos foram feitos com o pai. Ele informou que ela estava na casa do namorado. A PM compareceu ao local pouco antes das 20h, após receber informações de que a desaparecida havia chegado na rua Brooklin, bairro Jardim São Paulo, em um carro com mais três homens, que a teriam conduzido à força para o interior da casa. Ela gritava por socorro, pedindo para acionar a polícia, pois estaria sendo violentada.

Publicidade

Os militares cercaram a casa e tentaram contato com os moradores, tocando a campainha e batendo na porta, mas ninguém atendeu. Quando já planejavam a invasão, um estudante de direito chegou ao local. Ele disse estar representando o comerciante de 39 anos, que morava na casa, e permitiu a entrada dos policiais.

A polícia encontrou a desaparecida, mas não havia nada ilícito. O comerciante foi preso, por ter um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas desde 2016. A Polícia Civil vai investigar se ele mantinha a mulher em cárcere privado e se houve alguma agressão contra ela.

Publicidade