Publicidade

A Polícia Militar precisou fechar a rua Prefeito Chagas no último domingo (18), após ser informada da presença de suspeitos na porta de um banco. Ao verificar a situação, os policiais descobriram que, na verdade, os suspeitos eram funcionários do banco.

Segundo a PM,  por volta das 20h30, transeuntes notaram um carro na referida rua, com placas de fora, com algumas pessoas em seu interior. Além disso, por vezes alguém descia do carro, entrava no banco e retornava para o veículo. Com medo de serem ladrões, as pessoas chamaram a polícia.

Como os militares precisavam de cautela, já que quadrilhas especializadas em assaltos à caixas eletrônicos costumam andar fortemente armadas, foram enviadas mais de uma viatura e a rua foi fechada. Veículo e suspeitos foram abordados.

Publicidade

Os militares descobriram que as pessoas eram na verdade funcionários do banco, que estavam na cidade para a realização de um serviço, porém, havia horário agendado e dependiam de liberação do sistema. Por isso, por vezes eles entravam para verificar se já estava habilitado o início dos trabalhos. Os trabalhos seriam de reforma.

A rua foi liberada logo após o mal entendido ser esclarecido.

Publicidade