Publicidade

A mochila que causou uma suspeita de bomba na sede da Justiça Federal de Poços de Caldas tinha apenas uma “marmita velha”, segundo a Polícia Militar. O caso aconteceu no final da tarde desta terça-feira (23) e não foi necessário o acionamento do esquadrão antibombas do Batalhão de Operações Policiais Especializadas (BOPE).

A suspeita começou por volta das 17h, quando policiais tentaram abordar um rapaz em frente ao prédio, que fica na avenida João Pinheiro. Ele teria fugido, mas deixado a mochila no local.

Após concluir que não seria preciso chamar o BOPE, o chefe de serviço da Polícia Militar abriu a bolsa e encontrou a marmita.

Publicidade