sexta-feira , 28 julho 2017
Tati Morais

Criminosos guardavam reportagens dos crimes cometidos

Polícia acredita que jornais serviriam como troféu ou prova do crime para a facção


Provas dos crimes foram encontradas em abordagem na cidade de Guarulhos. (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu quatro homens por roubo e organização criminosa. Dois foram detidos ainda em abril e os outros, um professor de inglês e um rapaz da cidade de São André (SP), foram presos recentemente. Um suspeito ainda segue foragido. O grupo foi flagrado com reportagens do crime durante abordagem policial.

De acordo com a Polícia Civil, a partir da prisão de Renato Veloso de Brito, de 25 anos, e Richard dos Santos Mastri, de 18 anos, as investigações foram aprofundadas e um contato da Polícia Civil de Guarulhos (SP) levou aos demais suspeitos, Vitor Augusto Mattos da Silva, de 20 anos, Ananias dos Santos, de 36 anos, e Danilo de Oliveira de Campos, de 23 anos.

Danilo segue foragido. (Foto: Polícia Civil)

“A Polícia Civil de Guarulhos nos informou que tinha abordado um veículo com três indivíduos em atitude suspeita, portando jornais de Poços, bem como roupas e capacetes. Naquela oportunidade eles não conseguiram identificar qualquer participação deles nos crimes, porém durante as investigações conseguimos qualificar dois autores, o Richard e o Renato, e partir dai conseguimos delinear a participação dos demais envolvidos”, explica o delegado Cleyson Rodrigo Brene.

Os produtos subtraídos em Poços eram repassados para uma facção criminosa de São Paulo, para pagar dívidas do irmão de Renato, que está preso naquela cidade em razão do latrocínio praticado contra um policial. “O capacete encontrado dentro do carro pela polícia de Guarulhos é produto de um roubo aqui.

Ananias, um professor de inglês de classe média alta, foi preso acusado de fazer parte da organização criminosa. Segundo os levantamentos, era ele quem conduzia o carro abordado pela polícia paulista, responsável por dar mobilidade aos demais comparsas. “As informações apontam que ele levava e trazia os demais indivíduos para São Paulo, com bastante frequência”, pontua o delegado.

Já Vitor teria praticado alguns dos assaltos. Ele foi preso na última quarta-feira (17), em Santo André (SP). A polícia ainda tentou localizar Danilo, porém ele segue foragido. Imagens dele estão sendo divulgadas para que a população possa auxiliar na sua localização e prisão, fornecendo informações de seu paradeiro. Danilo é provavelmente quem agia junto de Renato.

“Podemos afirmar que indivíduos estavam vindo a Poços arrecadar dinheiro para retornar para cidades paulistas. A presença dos jornais no carro pode ser uma forma de eles os apresentarem como uma espécie de troféu aos demais membros da facção, da mesma forma pode ter sido apenas uma comprovação dos assaltos  e uma comprovação dos valores aferidos”, ressalta Brene.

Com isso a polícia espera concluir o inquérito de cinco assaltos, dois a postos de combustíveis, uma farmácia, duas motocicletas e um bar. Mas outros ainda serão apurados, em especial no mês de abril, durante o tempo em que as investigações apontam a presença do grupo em Poços.

Autores

Renato e Richard já haviam assumido alguns crimes quando de suas prisões, já Vitor alega que estava em Poços para prestar um serviço para a família de Renato. Ele diz que ficou apenas dois dias em Poços e não 15 dias como apontam as investigações. “Eu fiquei na casa de um americano, o Roger, e não na casa do Ananias”, explica.

Bando se uniu para pratica de crimes de roubo em abril (foto Mariana Negrini/Poços Já).

Sobre a presença do jornal no carro ele alega que um amigo comprou, sem explicar o motivo. Ananias diz que apenas deu carona aos suspeitos e que não tem envolvimento com o crime. Ele se negou a dar mais informações à imprensa.

Os indiciamentos serão por roubo, participe em roubo e organização criminosa.

Atuaram no caso os delegados Cleyson e Maria Cecília Gomes Flora e os investigadores Bárbara, Paulo Silva, Daniel e Gregório.

 

App Poços Já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.