sábado , 24 junho 2017
App Poços Já

Sindicato dos Professores registra queixa de estelionato

Oferta de serviço gratuito virou protesto em cartório


A diretoria do Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais procurou a Polícia Militar nesta terça-feira (16) afirmando ter caído em um golpe.

De acordo com a diretora da associação, Rozana Maris Silva Faro, no dia quatro deste mês, ela recebeu uma ligação telefônica de uma pessoa que se identificou como funcionária da empresa GRB, representante ANATEL, oferecendo serviço gratuito para inclusão do telefone do sindicato na lista telefônica.

A proposta foi aceita. Porém, o nome da associação foi colocado em cartório de protesto por falta de pagamento de boletos referentes ao serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.