Publicidade
Ação foi motivada por denúncias (foto: Centro Social de Cabos e Soldados).

Reclamações sobre um bar no Quisisana terminaram com um registro por perturbação de sossego e notificação por falta de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). A ação reuniu policiais militares e bombeiros no final de semana.

Segundo os órgãos, havia várias reclamações sobre o excesso de barulho gerado pelo estabelecimento, principalmente após as 22h. Os denunciantes disseram que, além do acúmulo de um grande número de pessoas no local, a música era sempre muito alta e incomodava o sossego dos vizinhos.

A PM registrou um boletim de ocorrência, em razão da perturbação de sossego, e os bombeiros notificaram o estabelecimento sobre a ausência de AVCB, com prazo de 60 dias para regularização.

A advertência por parte dos bombeiros determina que em um prazo de 60 dias seja apresentado um projeto contra incêndio e pânico, devidamente aprovado, para obtenção do auto de vistoria.

Além disso, foi verificado que o estabelecimento também não possui o alvará de funcionamento da prefeitura, embora tenha sido solicitado em fevereiro deste ano.

O responsável pelo bar diminuiu o volume do som e informou que algumas situações atípicas geraram a reclamação, como a presença de artistas com grande público. Ele ainda disse que os documentos estão sendo providenciados.

Publicidade