quinta-feira , 17 agosto 2017
Tati Morais

Corpo encontrado em cachoeira é de desaparecido


Gonçalves caiu de uma pedra com aproximadamente três metros de altura (Foto: Polícia Civil).

A Polícia Civil confirmou que o corpo encontrado em uma cachoeira entre Poços de Caldas e Bandeira do Sul é de Odair Gonçalves, de 70 anos, que estava desaparecido. A localização aconteceu na tarde desta sexta-feira (17). As equipes do Corpo de Bombeiros estão retornando para suas unidades neste momento.

O funcionário de uma propriedade rural, próximo ao local onde o carro da vítima foi localizado, encontrou o corpo dentro de uma cachoeira e comunicou as autoridades. De acordo com a equipe da Polícia Civil, Gonçalves pode ter caído enquanto buscava por ajuda.

Bombeiros auxiliaram no resgate (foto: Polícia Civil).

Publicidade

As investigações do caso apontam que o desaparecido estava naquela região com seu carro quando se perdeu. Ele chegou a pedir informações de como retornar para Poços de Caldas, mas acabou se perdendo novamente, quando entrou por uma estrada de café e enroscou o carro.

Corpo foi encaminhado para o IML (foto: Polícia Civil).

O idoso deixou o veículo e saiu em busca de ajuda, na tentativa de retornar para a cidade. Já na parte da noite ele teria afirmado a uma testemunha que não estava conseguindo localizar o carro e que precisava encontrá-lo para dormir e voltar a conseguir ajuda no dia seguinte.
Foi então que a vítima teria ido até as proximidades de uma cachoeira, provavelmente na busca por água para beber, mas a 300 metros antes da água ele tirou ou perdeu os sapatos, que ficaram presos em um lamaçal. Em seguida caiu de uma ribanceira e foi parar na cachoeira, em uma pedra com aproximadamente 3 metros de altura.

Com a queda na água as buscas por bombeiros, cães farejadores e helicópteros foram prejudicadas, já que era difícil visualizar a vítima. Para que os policiais e socorristas tivessem acesso ao corpo eles precisaram usar a técnica de rapel. A chave do carro, documentos pessoais e dois celulares foram encontrados nos bolsos das roupas.

Após a perícia, o corpo foi liberado para ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de necropsia e apuração das causas da morte. A princípio não foram encontradas lesões de violência, apenas ferimentos causados pela queda.

App Poços Já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.