sexta-feira , 24 novembro 2017
Super Seeg

PM registra ‘arrastão’ na área central


Imagens do elevador mostram os autores (foto: circuito interno).

A Polícia Militar registrou, nesta quarta-feira (08), uma série de crimes na área central. Em um dos casos a vítima chegou a ser amarrada. Foram quatro apartamentos invadidos, em três furtos e um assalto, e a polícia investiga a possibilidade de ligação entre eles.

Assis Figueiredo

O caso mais grave aconteceu em plena rua Assis Figueiredo. A vítima, um aposentado de origem asiática de 61 anos, informou que estava em seu apartamento e foi surpreendida, dentro de casa, por dois indivíduos que haviam arrombado a porta principal.

O aposentado foi agarrado e teve mãos e pés amarrados em uma cama. Os criminosos reviraram o apartamento e fugiram levando R$7 mil, com a vítima ainda presa. Cerca de três horas após a fuga dos autores a vítima conseguiu se soltar, foi até a portaria do prédio e acionou a PM. No prédio há câmeras de monitoramento que filmaram a entrada e saída dos autores.

Prefeito Chagas

Ainda aconteceram dois furtos em um prédio na rua Prefeito Chagas, 369. O apartamento de uma aposentada foi arrombado quando ela se ausentou por uma hora e meia. Ao retornar, encontrou a porta da sala aberta e os cômodos revirados. Provavelmente a vítima tinha chegado quando os criminosos ainda estavam no apartamento, já que ela entrou pela porta da cozinha, ouviu uma correria nos corredores e só então percebeu que os ladrões tinham fugido. Foram levadas joias, relógios, alguns objetos de menor valor, cerca de R$600 e 2 mil dólares.

O outro caso aconteceu no apartamento de um comerciante asiático, de 31 anos. O local foi arrombado e invadido mas, segundo a vítima, nada foi furtado.

Rio de Janeiro

Mais um caso de furto ou roubo foi comunicado à PM, desta vez na rua Rio de Janeiro. A vítima fez contato por telefone com a polícia, mas disse que registraria o caso depois. Por isso, ainda não há mais informações a respeito.

Levantamentos

A polícia, que teve acesso a imagens de câmeras de segurança, já tem feito levantamentos em buscas dos autores. Nos casos do prédio da Prefeito Chagas a suspeita é de que três autores tenham agido, com dois que invadiram o apartamento e outro que monitorou a portaria. O trio chegou a ser visto pelo porteiro, deixando o local.

Nas imagens do prédio da rua Assis as imagens do elevador mostram claramente dois autores, reconhecidos pelo aposentado feito refém. Os dois criminosos também possuem aparência de origem asiática.

As informações foram encaminhadas à Polícia Civil, que vai investigar os casos e se há ligação entre eles.

 

 

SuperVale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.