Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade
Prefeitura de Poços de Caldas
Publicidade

Os vereadores Maria Cecília Figueiredo Opípari e Paulo Tadeu Silva D’Arcádia, ambos do PT, estão propondo medidas que ajudem artistas e agentes culturais a passarem pelo período de quarentena, devido à pandemia de covid-19. O assunto entrou em pauta na reunião remota realizada durante a quinta-feira (26). 

Dentre as medidas sugeridas pelos parlamentares estão a manutenção dos pagamentos de valores já acordados em editais e contratos anteriores já empenhados pela administração municipal e também dos editais e programas vigentes antes da pandemia. Também é sugerido o lançamento de editais para exibição de conteúdos artísticos e culturais através da internet e o lançamento de prêmios de incentivo voltados para a criação artística, favorecendo assim o exercício profissional durante o período de isolamento.

Temos mantido contato com profissionais e com artistas locais, que estão preocupados com essa situação de não poder fazer suas apresentações. Nós temos conversado com o Conselho de Cultura, com os grupos que são ativos, inclusive, para fomentar e fortalecer esses artistas locais que já vêm fazendo algumas atividades na rede mundial de computadores. A arte e a cultura são instrumentos essenciais para que todos os cidadãos possam enfrentar o período de isolamento com serenidade e sabedoria. Então, a gente precisa fortalecer mais, solicitar apoio do poder público para a adoção dessas e de outras medidas que possam auxiliar o setor na nossa cidade e para que nossos artistas tenham força para continuar,” destaca a vereadora Maria Cecília.

A indicação da vereadora foi aprovada pela Comissão Especial de Enfrentamento à Covid-19, composta pelos vereadores Carlos Roberto de Oliveira Costa (PSC), presidente, Gustavo Bonafé (PSDB) vice-presidente, Maria Cecília Opípari, primeira-secretária, Paulo Tadeu Silva D’ Árcadia (PT) e Lucas Arruda (Rede) e encaminhada ao Executivo.