Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

O Ministério Público ajuizou mais uma ação contra a a Prefeitura de Poços de Caldas, na quarta-feira (12). Desta vez, além do prefeito Sérgio Azevedo, a empresa Auto Omnibus Circullare também está entre os réus.

Ainda são citados como réus Flávio Cançado, dono da Circullare, e o diretor Armando Bertoni. Procurado pelo Poços Já, o promotor Sidnei Boccia disse apenas que o “Ministério Público nada tem a acrescentar ou comentar”.

Esta é a segunda ação civil de improbidade administrativa somente neste mês. As duas têm relação com o atraso na licitação e o contrato aditivo referentes à concessão do transporte público. Para entender melhor a primeira ação, clique aqui.