Publicidade

A Câmara de Poços de Caldas aprovou, na sessão desta semana, o projeto do Executivo de terceirização dos pontos turísticos municipais. De acordo com o texto, serão concedidos os seguintes pontos: Complexo do Cristo Redentor, Teleférico, Complexo Turístico Cachoeira Véu das Noivas, Fonte dos Amores e Recanto Japonês. Ainda de acordo com o projeto aprovado, fica garantida a entrada gratuita dos poços-caldenses a todos os pontos que porventura possam ser terceirizados, com exceção do teleférico.

A concessionária poderá cobrar dos habitantes de Poços de Caldas pelo uso do teleférico, bem como pelo ingresso a eventuais novos atrativos implantados pela concessionária na área da concessão, respeitadas as regras e condições do procedimento licitatório pertinente.

Publicidade

“Continuamos com a parceria com o BDMG para formatar o edital da concorrência pública. Acredito que no início do próximo ano já tenhamos empresas vencedoras do certame, iniciando a revitalização dos nossos pontos turísticos”, comentou o prefeito Sérgio Azevedo.

Sérgio ressalta ainda o minucioso trabalho desenvolvido pelos vereadores no projeto em questão. “Houve muitas dúvidas e a Câmara teve preocupação em fazer com que tudo estivesse dentro da legalidade. Fizemos todas as adequações que foram levantadas, o que permitiu que o projeto fosse aprovado”.

Publicidade