Publicidade

Olá queridos(as)! Tenho visto muitos memes, vídeos de humor e piadas feitas com relação aos profissionais e processos de Coaching, alguns muito cômicos, inclusive. Por ser psicóloga e coach, me sinto muito tranquila para falar sobre isso. Logo, selecionei alguns dos que tive acesso e achei mais engraçados para nos divertirmos juntos e também filtrar e refletirmos sobre tudo isso. Vamos?

“Todo cadáver encontrado no Everest já foi algum dia alguém motivado, proativo e fora da sua zona de conforto”. Aqui temos uma crítica à motivação cega, acima de qualquer coisa, sem sequer analisar qual o objetivo. Somente motivação e proatividade não garantem o sucesso, metas devem ser reais, possíveis de serem alcançadas e a pessoa deve ter como suporte o desenvolvimento de vários recursos necessários para atingi-la. É indispensável no estabelecimento da meta verificar se ela realmente trará benefícios para a pessoa e para o sistema no qual ela faz parte.

Publicidade

”Deu errado na vida e vira coaching; coach não resolve nem a própria vida e quer ajudar os outros, tem uma falsa imagem de ser bem sucedido; o coach te ensina a ser rico e vai embora de Celta”. Essas frases dizem de um outro critério muito importante na escolha do profissional para te orientar: ele só pode conduzir seu cliente até onde ele já conseguiu chegar, então na hora de escolher um coach (e isso serve para profissionais de outras áreas) deve-se olhar para os resultados concretos que ele tem na vida dele.

“Trabalhe enquanto os outros dormem”. Essa frase ficou bastante conhecida, mas é muito perigosa, assim como outras que remetem à não procrastinação, à sobrecarga de atividades e ao excesso de otimização do tempo. A superprodutividade não é saudável, pois fala de uma aceleração que contribui para o aumento ansiedade, faz a pessoa olhar para a solução sem olhar a causa e pode encobrir desequilíbrios mais graves. Quando a pessoa deixa de olhar para sua desorganização interna e suas angústias, acreditando que deve ser feliz o tempo todo, ter gratidão e positividade, como se não pudesse sofrer, ela mascara os problemas reais para não lidar com coisas desagradáveis. Isso pode levá-la a não buscar a ajuda adequada e piorar seu estado mental.

Num trecho de um vídeo (acesse neste link): “Não precisa de faculdade, nem diploma. O que você precisa é mudar o mindset, se você acreditar que você é formado você já será formado, somente acreditando você terá diploma”. Esse pensamento de que o coach vai transformar sua vida somente pulando, cantando, gritando e repetindo palavras positivas, como se você não tivesse que fazer nenhum esforço, como se a motivação e o pensamento positivo substituíssem o conhecimento, a prática e a disciplina, ou até mesmo substituísse qualquer formação acadêmica, é literalmente uma piada. Cada coisa tem seu lugar e propósito, de fato a psicologia positiva é válida e muito útil, mas não deve ser aplicada a qualquer contexto. A motivação é importante, mas não resolve tudo e nem deve ser utilizada para suportar relações tóxicas e abusivas, e a formação acadêmica que dura anos não pode ser substituída por uma formação rápida de Coaching.

“Os coachs vendem um manual da vida, tudo é uma questão de força de vontade ou de encontrar um propósito”. Não existe uma regra do que fazer para ser feliz e ter sucesso e o sucesso não é só uma questão de escolha e nem é somente resultado da maneira pela qual você se relaciona com as pessoas. Essas são questões mais profundas e complexas, que devem ser cuidadosamente abordadas e discutidas.

O vídeo que mais achei engraçado (acesse aqui): o filho começa a agir estranho, estabelecendo meta para tudo e com hábitos saudáveis. Seus pais o questionam e ele prefere dizer que é gay e traficante de drogas para não dizer que é coach. Ele apanha por dizer a palavra mindset, que está proibida em casa, e para se “tratar” que tem que procurar emprego de verdade. Mindset diz do funcionamento mental, de padrões de crenças e pensamentos que interferem, sim, na maneira pela qual percebemos o mundo e reagimos a ele, então é válido analisá-lo, mas não significa que somente ele é o responsável pelos seus resultados e escolhas.

Um fato de grande repercussão e polêmica que rendeu até posicionamento público do CFP (Conselho Federal de Psicologia) foi a cena da novela que decidiu tratar abuso sexual com Coaching e hipnose (veja aqui). Qualquer técnica que leve a pessoa a ter memórias e acessar conteúdos inconscientes não deve ser praticada por profissional sem uma graduação e experiência. Daí a necessidade de estabelecer limites e regulamentação para a atuação do coach. Essa falta leva à desvalorização dos coachs sérios e a piadas como: “Coach é personal de autoajuda, virou remédio para tudo, tem coach de sedução, para conseguir homem ou mulher, restaurar casamento, coach religioso…”

Qualquer treinamento superficial não se sustenta com o tempo e quando a pessoa fica sem o motivador ela volta ao padrão anterior. Ninguém vai te fazer ter sucesso na vida, nenhuma imersão de um final de semana vai resolver sua vida, a mudança de comportamento é um processo que leva tempo, tomar consciência do padrão de funcionamento psicodinâmico que te fez adotar o comportamento indesejado e mudar esse posicionamento não é da noite para o dia. Não existe fórmula mágica para resolver todos os problemas, não tem promessa fácil nem caminho rápido e indolor. A mudança envolve trabalho, desconforto e suor, deve-se assumir o comprometimento com seu desenvolvimento, adotar a autorresponsabilização.

O Coaching é maravilhoso, desde que seja visto como é, um processo que tem ferramentas para ajudar no desenvolvimento pessoal e profissional, para aprimorar alguma parte da vida, atingir objetivos, questões especificas, circunstanciais, definidas e delimitadas, para ajudar a pessoa a ter comportamentos mais claros, produtivos e operacionais, com mais autonomia.

* Daphne Rajab Cardia é psicóloga, formada na Universidade Vila Velha, MBA em Gestão de Pessoas pela FGV, Coach certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching, Consteladora Familiar Sistêmica formada pela Hellinger Schule Brasil, especialista em desenvolvimento pessoal e profissional. Tem como missão de vida ajudar as pessoas a tomar consciência de si mesmas e alcançar a vida plena.

Publicidade