Publicidade
Betina Rudolph ficou famosa após revelar que é milionária (foto: reprodução)

O fenômeno Betina trouxe à tona a curiosidade sobre investir e facilmente ficar milionário. No vídeo que tornou-se viral ela diz que, com apenas R$ 1.520 iniciais, acumulou um patrimônio de mais de R$ 1 milhão. Em quanto tempo? 3 anos. Como? Comprando ações.

Ainda não está claro qual foi o caminho exato e quanto dinheiro foi adicionado a este investimento, durante o período citado. Mas, depois de muitas reportagens e entrevistas, ficou evidente que nem a Betina sabe ao certo quanto precisou investir. Pensando em quem deseja chegar à tão sonhada cifra, mas com informações concretas e orientação precisa, o Poços Já começa hoje a série de reportagens Primeiro Milhão, com a consultoria do economista Lucas Sucena Ribeiro, da Öküs Capital Investimentos.

Publicidade

Lucas acredita que a ação de marketing estrelada por Betina foi benéfica por evidenciar o mundo dos investimentos, mas também para mostrar que o investidor não pode acreditar em tudo o que vê e ouve. Por isso, é importante sempre ter ao seu lado uma assessoria consistente.

Economista vai esclarecer diferentes meios e perfis de investimentos (foto: Juliano Borges/Poços Já)

Durante a série de reportagens vamos explicar que há três perfis básicos de investidores: o conservador, o moderado e o agressivo. O que os diferencia é o prazo de retorno financeiro, os modelos de investimentos e os riscos, que podem ser nulos ou altos.

Além disso, o sucesso também depende dos aportes adicionais. Betina não explicou, mas ela teve que investir muito mais do que os R$ 1.520 mil iniciais para chegar tão rapidamente a este resultado. “O segredo do negócio são os aportes adicionais. Por exemplo, colocar R$ 2 mil todo mês é melhor do que colocar R$ 50 mil de uma vez só”, adianta Lucas.

Acompanhe a série, com uma reportagem por semana, aqui no Poços Já. Mais informações na Öküs Capital, pelo telefone (35) 3114-0209 ou pela internet (página no Facebook, site ou Instagram).

Publicidade