Publicidade

O prefeito Sérgio Azevedo, o diretor do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), Antônio Roberto Menezes, e o superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Carlos Veiga, assinaram, na tarde de quarta-feira (3), um convênio com a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 26.280.723.

Convênio foi assinado na quarta-feira

A verba será destinada a obras de saneamento na cidade, com cerca de R$ 1,7 milhão de contrapartida do poder público. As obras começam em até 12 meses, com previsão de término em até 24 meses. O município terá quatro anos de carência e 20 anos para o pagamento do empréstimo.

“As obras de saneamento muitas vezes não são percebidas, nem valorizadas,  porque são realizadas debaixo da terra e o cidadão somente percebe a sua importância na falta de água ou quando passa por problemas no esgoto em sua residência. Contudo, assegurar o fornecimento de água é garantir a vida e o desenvolvimento do município, por isto a importância deste convênio para toda a população”, ressaltou o prefeito.

O conjunto das obras a serem realizadas deverá assegurar o abastecimento no município por cerca de 30 anos, como afirmou Menezes, diretor do DMAE.  “O município cresce a cada dia e temos que pensar no futuro. Esse conjunto de obras que se inicia pelo convênio, e já tem assegurada uma nova etapa, deverá garantir o abastecimento da cidade por mais 30 anos”.

O convênio assinado com a Caixa será utilizado para realizar obras de bombeamento de água tratada da ETA-V com a implantação de cerca de dez quilômetros de tubo de 600 mm de diâmetro, visando atender principalmente a toda região centro sul e também a zona leste da cidade, com a desativação da ETA III.

Outro processo licitatório em andamento (Concorrência Pública 002/19), que faz parte do conjunto das obras, tem o objetivo de contratação de serviços especializados de engenharia para elaboração de projetos executivos de ampliação da ETA V, nova captação, elevatória e adutora de água bruta.

Publicidade