Publicidade USK Callan


O plenário da Câmara de Poços de Caldas vai receber, na quinta-feira (14), um ato em homenagem à socióloga Marielle Franco, organizado pelo Coletivo Mulheres pela Democracia. A data marca um ano da morte da então vereadora pelo PSOL, no Rio de Janeiro (RJ), junto do motorista Anderson Gomes.

Além da homenagem, o objetivo também é discutir questões que envolvem representatividade feminina na política e a violência contra a mulher. “É um encontro feito por mulheres, que vão falar sobre temas relativos a Marielle, os tipos de violência embutidos e a questão política”, explica Édna Leite Ramos, representante do coletivo.

Édna afirma que todos são bem vindos, sejam homens ou mulheres, para discutir essas questões. Até o momento não há certezas quanto aos mandantes do crime e a motivação. “O legado da Marielle é inegável. Infelizmente, as mulheres pagam com a vida e com o sangue, com ela não foi diferente. Vamos continuar lutando para saber quem está por trás da morte de Marielle, e a sua motivação”, comenta Édna.

O ato está marcado para começar às 19h.

Publicidade