Publicidade

Uma das coisas que as pessoas mais se preocupam quanto à imagem da sua marca é em relação ao logo. E com razão! A logomarca é aquilo que vai representar visualmente a sua empresa e fornecer a quem a vê uma primeira imagem da sua marca. Por isso é preciso analisar com cuidado o que foi feito, ou o que se vai fazer!

É preciso que com o desenvolvimento da logo seja possível criar uma imagem que agregue informação e a tradução rápida da sua marca. Isso além de criar uma identidade única e relevante, que consiga se destacar em meio a tantas outras logomarcas feitas ao longo do tempo e da história. A logomarca também precisa ter algo muito importante também: aplicabilidade. É preciso que ela consiga ser usada desde em posts para as redes sociais, peças para a televisão até toda a papelaria da marca e quem sabe uma caneta pra presentear os clientes. Digo até que para se avaliar adequadamente melhor aplicar de cara em uma caneta. Se ficou bom, já é ótimo passo para saber se a logo é simples, fácil de reproduzir, e bem resolvida visualmente para ser forte no mercado. Enfim, decisão e trabalho cirúrgico para se criar força na cabeça do seu público-alvo.

E como é possível fazer tudo isso e construir uma logo que gere impacto? É preciso planejar! Dialogar com o público nos diferentes meios exige atenção para criar uma imagem forte em cada realidade. É preciso planejar para que, além de respeitar as tendências de publicidade, a logo tenha a ver com a história da empresa e com o seu dna. Dessa maneira, mesmo que passe por algumas modernizações ao longo dos anos, permanecerá em sua essência e poderá de fato ser uma identificação da empresa. Ah! Cuidado com os modismos que poderão dar à sua marca a mesma cara e significado de outras. Quem quer marca, quer marcar e então melhor fazer da melhor forma!

*Adinan Nogueira é publicitário, formado pela FAAP, mestre e professor universitário, diretor da Agência Cervantes e doutorando em Ciências da Comunicação pela Universidade Lusófona em Lisboa, Portugal.

Publicidade