Publicidade
Davison Advogado

Em entrevista para o Poços Já, por telefone, o chefe do cartório eleitoral da 350ª Zona Eleitoral, Antonio Carlos de Souza Pereira, afirmou que “muita gente achou que a eleição era só para presidente”. Apesar disso, a votação em Poços de Caldas foi tranquila.

Antonio explicou que os mesários estavam preparados para orientar os eleitores e esclarecer as condições do segundo turno. Na Zona 222 tudo também ocorreu como esperado, segundo a chefe do cartório, Lívia Stela Martins Zanatelli.

Ao todo, até as 16h30 seis urnas foram substituídas, devido a problemas técnicos, nos seguintes locais: CAIC (Jardim Esperança), Escola Estadual Doutor João Eugênio de Almeida (Jardim São Paulo), Escola Municipal Doutor Pedro Affonso Junqueira (Jardim Kennedy), Escola Municipal Presidente Washington Luís (Santa Ângela), Colégio Municipal Dr. José Vargas de Souza (Vila Cruz) e Escola Estadual Professor Arlindo Pereira (Jardim Country Club).

Antes do início da votação, outras duas urnas também tiveram que ser substituídas, no Colégio Municipal e na Escola Estadual Professor Arlindo Pereira.

Polícia

Uma mulher foi parar na delegacia depois de ter filmado o próprio voto, na Escola Estadual Francisco Escobar. A denúncia foi feita pelos mesários, que chamaram a Polícia Militar. O celular foi apreendido.