Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade
Nafar
Publicidade

O Distrito Industrial de Poços de Caldas deve receber mais nove empresas ainda no primeiro semestre deste ano. É o que afirma o vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Flávio Faria, em entrevista ao Poços Já Política.

De acordo com o secretário, atualmente o Distrito oferece 500 empregos diretos. Com a instalação das novas empresas, a expectativa é que esse número mais que dobre, chegando a 1100 novos postos de trabalho.

Distrito tem área de 2,8 milhões de m² (foto: divulgação)

O Distrito Industrial possui 150 lotes, com área total de 2,8 milhões m2. Segundo o secretário quase todos foram ocupados, mas ele ressalta que é necessário que as construções de novas empresas sejam realmente efetivadas.  “Nós temos desenvolvido um trabalho ali, porque não adianta a prefeitura doar e não se efetivar a construção da empresa. Nós precisamos que o Distrito seja um grande gerador de receita para o município e para o estado e, principalmente, um gerador de empregos”, destaca.

Uma das empresas que deve começar  suas operações já no mês de março é a Frooty, fábrica de açaí  fundada em 1994 e que hoje exporta para cerca de 30 países. “É uma empresa que vai contratar muito. Aliás, já começou a contratar e devem vir mais, porque ela começa a operar já em março”, informa.

Também foi confirmada a instalação da Estrella Galicia, cervejaria espanhola que assinou o termo que cede oficialmente o terreno de 108 mil m2, por parte da prefeitura, em novembro do ano passado.  A unidade local será a primeira fora da Espanha, com produção estimada de cerca de 20 milhões de litros de cerveja por ano, com investimento aproximado de R$ 100 milhões nesta fase inicial de implantação. A fábrica deve ser inaugurada no final de 2019.

Neste primeiro semestre, a previsão é de instalação no DI de empresas dos ramos de distribuição de equipamentos hidráulicos e elétricos; produção de máquinas para o setor farmacêutico e de cosméticos; baús frigoríficos; empresa de logística, setor de armazenagem, produção de tijolos ecológicos e de polpa de frutas.