Publicidade

O prefeito Sérgio Azevedo lançou na manhã desta quinta-feira (16), o Programa de Parcerias Público-Privadas (PPP) para privatizações ou concessões dos pontos turísticos de Poços de Caldas. A iniciativa conta com apoio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

De acordo com o secretário de turismo, Ricardo Fonseca, neste primeiro momento estão em análise quatro pontos turísticos: Véu das Noivas, Cascata das Antas, Fonte dos Amores e Recanto Japonês. Ele afirmou ainda que a secretaria aguarda um posicionamento do BDMG sobre cada espaço, para saber qual será o melhor caminho, entre as opções, para se iniciar conversas juntos às partes interessadas.

Nesta primeira demanda o Complexo do Cristo Redentor e o teleférico ainda não estão incluídos, pois estão em fase de estudo pela prefeitura.

Cristo Redentor e teleférico ainda não estão incluídos no projeto ( foto: assessoria de imprensa)