terça-feira , 17 outubro 2017
Últimas Notícias
App Poços Já

Fila de espera para creches é questionada por vereador

Marcelo Heitor quer entender por que existem variações com relação à colocação das crianças na fila.


O vereador Marcelo Heitor (PSC) esta questionando a prefeitura com relação à fila de espera para matriculas no Centros de Educação Infantil (CEIs) de Poços de Caldas. As dúvidas foram levantadas após informações de divergências na colocação das crianças na lista disponibilizada pelo município. O requerimento foi aprovado na última terça-feira (10).

A Secretaria Municipal de Educação está usando uma página na internet, desde maio deste ano, para que a população possa acompanhar o cadastro da educação infantil. No entanto, Marcelo tem recebido alguns pais insatisfeitos, já que algumas vezes cai a posição dos filhos na lista. Em outra ocasião a Secretaria de Educação já havia informado que as vagas são oferecidas de acordo com a inscrição, com fichas agrupadas por unidade escolhida como primeira opção entre as selecionadas no momento do cadastro e por faixa etária. Foi esclarecido ainda que, em decorrência da possibilidade de alteração, pelas famílias, da ordem das opções selecionadas, há migrações de uma fila de espera para outra, sem prejuízo da ordem.

Vereador tem recebido reclamações de pais (foto: Mariana Negrini/Poços Já).

“Esse pedido veio após o cadastro municipal informatizado, mas vários pais estão questionando essa fila de espera. Observei junto ao sistema que a reclamação tem fundamento porque os cadastrados recebem uma posição e semanas depois aquela posição muda, por exemplo, de 10° lugar para 14°. Entendo que isso não pode e parar isso precisamos entender como é o funcionamento dessa fila”, esclarece.

O legislador também quer saber se ao realizar uma busca é gerado um protocolo para garantir a colocação de cada criança. “Não queremos que ninguém saia lesado”, esclarece.

Os critérios usados para essa colocação também são questões a serem esclarecidas, ou seja, se vale quem se inscreveu primeiro ou se existem outras questões a serem observadas. “Se o pai tem a segurança que o filho está em segundo ou terceira posição ele tem a expectativa que será chamado em breve, mas, isso deixa de existir se essa posição muda após algumas semanas sem que ele saiba o porquê. Se essa colocação está mudando se trata de um problema sério que precisa ser resolvido”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.