domingo , 23 abril 2017
Últimas Notícias

Vereadores denunciam sujeira de piscina pública

Empresa contratada para realizar limpeza e manutenção recebia R$ 4 mil por mês, segundo Lígia Podestá (DEM).


Centro educacional fica na Zona Sul (foto: Lígia Podestá).

A manutenção das piscinas do Centro Educacional Municipal Dr. João Batista Ferreira Monteiro (antigo Sesi), na Zona Sul, foi motivo de discussão na sessão da Câmara desta terça-feira (18). Por meio de um pedido de informações, os vereadores Lígia Podestá (DEM) e Pedro Magalhães (PSDB) questionaram a administração pública quanto à situação no local.

Os dois visitaram o centro educacional esta semana, junto ao prefeito Sérgio Azevedo e membros da empresa responsável pela limpeza das piscinas. “Me causou bastante estranheza quando a pessoa que estava encarregada de fazer o trabalho de manutenção e limpeza das piscinas afirmou que ia todos os dias. É uma coisa absurda, porque se você vê o estado em que elas se encontram, aquilo tem aparência de anos sem nenhuma manutenção”, ressalta a vereadora.

O documento que será encaminhado ao Executivo contém algumas perguntas, como qual secretaria municipal é responsável pelo local e se tem conhecimento do estado de conservação da piscina e com qual frequência são realizadas manutenções. Os vereadores também solicitam um relatório sobre as condições atuais no local e quais providências podem ser tomadas para que a população possa usar o serviço novamente.

Ainda segundo Lígia, a empresa contratada pela administração passada recebia R$ 4 mil por mês para realizar limpeza no local. “Quero saber quem autorizava os pagamentos desta empresa. Me parece que, em todo esse tempo, a empresa recebia em torno de R$ 4 mil mensais para as piscinas se encontrarem da forma que estão”, enfatiza.

O pedido de informações foi aprovado por todos os vereadores e será encaminhado ao Executivo, que tem um prazo de 20 dias para responder.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.