Publicidade
Davison Advogado

Faltando 16 dias para o Carnaval, as escolas de samba de Poços de Caldas continuam sem a verba disponibilizada pela prefeitura para realização do desfile, que deve acontecer nos dias 25 e 26 de janeiro. O prefeito, Sérgio Azevedo, anunciou, durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (08), que a situação será definida até a próxima sexta-feira (10).

De acordo com o chefe do Executivo, o repasse ainda não foi aprovado, uma vez que as escolas deixaram de apresentar a prestação de contas no prazo previsto, em março do ano passado. Uma reunião entre membros da prefeitura e da Associação das Escolas de Samba (AESB) está marcada para esta quinta-feira (9).

“A nossa assessoria jurídica está em contato com a assessoria jurídica da AESB, vendo se há uma forma legal de resolver isso. Se houver, vamos dar andamento ao desfile. Se não houver, infelizmente a prefeitura não vai fazer esse repasse e não vai haver desfile das escolas de samba”, declarou o prefeito.

Sérgio ainda ressaltou que outras programações de Carnaval, como a Charanga dos Artistas, desfile dos Blocos Caricatos e o Carnaval alternativo irão acontecer. “Quero deixar bem claro que o Carnaval vai existir. Poços é uma cidade turística, que tem o dever de receber bem os turistas, mas, acima de tudo, dar essa oportunidade aos cidadãos”, finaliza.